Your input is important to us. Please provide your valuable feedback. Here are some testimonials from our clients:

Trabalho com educação infantil. Um de meus alunos de 2 aninhos foi ao banheiro, mas ele saiu sem vestir as calças pois ainda não consegui fazê-lo. Eu cheguei do lado esquerdo dele e disse: você consegui, eu sei que você é capaz. Ele ficou me olhando, puxou a roupinha e se vestiu. Ele foi ao banheiro e se vestiu sozinho. Uma coisa tão simples e que fez tanta diferença para aquela criança, desenvolvendo nela a autonomia. Muito mágico!

Na hora do almoço, uma das crianças estava muito inquieto, fazendo gracinhas, não parava na cadeira, tentando chamar a atenção dos coleguinhas. Ela tinha um comportamento de jogar a comida nos outros com as mãos, não pegar na colher e não comer. Eu cheguei perto dele e disse: eu sei que você é capaz, eu confio em você, sei que seus pais estão em você e gostaria muito que você voltasse para sua cadeira. Estou vendo seu pai em você, você se parece muito com ele. O seu papai come direitinho, sentado na cadeira de maneira correta e sei que você também pode fazer isso, pois você se parece muito com o seu papai. Ele parou, ficou me olhando e voltou para a cadeira, pegou a colher e comeu sozinho. É mágico!
 
Date of Posting: 01 September 2015
Posted By: Sabrina Gomes Noronha Cunha
Patos de Minas/MG
Estou encantada com tudo que está acontecendo comigo e com a minha família após participar deste 1 módulo da Formação em Educação Sistêmica. A cada hora, minuto, segundo e milésimo de segundo eu me apaixono mais!!! Professora Hellen, serei eternamente GRATA por tudo que me ensinou e a equipe de apoio, por tudo que me proporcionou esse final de semana!!!
 
Date of Posting: 01 September 2015
Posted By: Eleusa Spagnuolo Souza
Paracatu/MG
Durante o exercício de ˝confiança˝, onde eu representa a mãe e um colega o filho, imaginei o meu filho Antônio, diante de mim. Ele tem estado agitado, inquieto e recebendo críticas em relação a isso. O exercício propunha, primeiramente, dizer que não confiava e posteriormente dizer que confiava e observar os movimentos. Foi uma experiência muito forte!

Eu disse para ele que o olhava com carinho se ele fizer como o papai. Isso já trouxe um efeito, pois assim que cheguei na casa de meus pais, onde ele ficou durante o tempo que eu estava ausente, meu pai disse o seguinte: " Hoje o Antônio está calmo". Já senti o efeito!
 
Date of Posting: 31 August 2015
Posted By: Rayana Nathalia Gomes Sousa Porto
Franca/SP
Queridos companheiros de missão! Ontem não foi um acaso participar do curso, acredito de verdade que foi providência divina... na lógica do sistema eu tinha que estar neste grupo.. . Reencontrar caminhos, olhar e não apenas ver, tomar fôlego e ir para o lugar certo. Hoje, eu também, como vocês, estava transbordando de vontade de fazer a 'diferença' na vida de muitos.....o primeiro passo consegui dar, uma pequena intervenção, poucas palavras e alguns gestos... o quanto os olhinhos daquela criança brilharam....o sorriso, um respirar profundo.....o sopro da vida! Que coisa linda! Emocionante e encantador! Obrigada por essa oportunidade queridas educadoras!
 
Date of Posting: 31 August 2015
Posted By: Anaela Luz Tavares
Patos de Minas/MG
Me sinto feliz e com o ❤ saltitando de alegria e esperança. Sempre sonhei com a mudança da educação, e agora compreendo que eu preciso mudar primeiro para fazer as coisas acontecerem.

Experimentei um dos exercícios recomendados no curso com uma aluna que os pais são separados e ela chora muito na escola. Falei do fio invisível que a liga aos pais e que ela nunca está sozinha, ela "arregalou" os olhos colocou a mãozinha no coração e parou de chorar, olhou para mim e disse: posso brincar? E na hora da saída da sala, falou comigo, tia meu pai está aqui né, e colocou a mãozinha no coração! Estou muito feliz com tudo isso!
 
Date of Posting: 31 August 2015
Posted By: Danúbia Cristina dos Reis Silva
Patos de Minas
Estou impressionado com a reação dos meus alunos com a minha mudança de postura desde que comecei a estudar a abordagem sistêmica, principalmente na faculdade. Eu tenho tido mais diálogo com eles. Tenho feito aluno chorar, com as coisas que eu falo. Eles estão tão gratos. Falar sobre pai e mãe mexe com todo mundo. Falar que eu acredito neles, mexe profundamente. Falar que tudo é fácil, mexe profundamente. Nas últimas semanas eu tenho tornado as minhas aulas muito mais agradáveis com a perspectiva sistêmica e incentivado os meus alunos a buscarem o que eles realmente gostam. Eu tenho olhado para alunos que eu nunca conversei na minha vida e falei exatamente o que eles precisavam ouvir. Estou me sentido muito bem e isso é graças ao que eu venho aprendendo nos cursos com a Hellen, lido nos livros desta abordagem, assistido em palestras e compartilhado com os colegas. Gratidão aos professores e ao Bert Hellinger. Não vejo a hora de reencontrá-los!
 
Date of Posting: 19 August 2015
Posted By: Danilo Pastorelli
Professor, São Paulo/SP
Minha filha de 15 anos estava com dificuldade com a professora de matemática, dizendo que a professora não ensina direito, não explica a matéria, que para uns ela tem paciência e outros não. Então disse a ela: olha para sua professora com olhar de amor. Coloque atrás dela seus pais e pensa no quanto ela é amada por eles e o quanto ela ama estes pais. E coloque atrás de você, seus pais também. Veja-a com esses olhos e com esta postura. E se posicione do lado esquerdo dela.


Ontem, quando fui buscá-la na escola, ela me disse: ˝Mãe, você não vai acreditar o que aconteceu, fiz igual você falou. Eu perguntei a minha professora uma dúvida e ela me chamou até a sua mesa e eu fiquei do seu lado esquerdo e ainda ajoelhei para ouvi-la. Ela me explicou e foi a primeira vez que entendi tudo e, no final, ela elogiou meu caderno e disse que qualquer dúvida eu podia perguntar, que ela tinha todo prazer em esclarecer˝.

Acrescentou que, quando saiu para o intervalo, os colegas perguntar: Laura, o que aconteceu hoje que a professora foi tão amável com você? Eu respondi: olhei pra ela com olhos de amor! E agora minha filha está ensinando para os colegas a fazer esse exercício com a professora de matemática.

Muito grata ao Bert Hellinger, ao Décio e Wilma Oliveira e a Hellen, que me ensinaram a ver a vida com outros olhos! Beijos a todos!

 
Date of Posting: 19 August 2015
Posted By: Terezinha Moreira Drumond Bretas
Belo Horizonte/MG
"A mudança começa na alma e apenas na alma, mas a paz só é possível quando desmontamos as antigas trincheiras. "(Bert Hellinger)

Usando as quatro letras hebraicas Y - H -V -H, alternando a ordem, formam-se as palavras: HAYA (foi), que simboliza o passado; HOVE (é), o presente; YHIE (será), o futuro. As quatro letras permitem, portanto, escrever as três modalidades do tempo: da vida que se inicia entre a memória do passado e da esperança do amanhã. Esta contemplação traz o homem de volta a si mesmo e o conduz no lugar e no caminho certo!!

Após o Curso de Educação Sistemica - módulo I - realizado em Salvador, pude perceber de forma clara e transparente a conexão que fiz com meu pai, após, cinquenta anos! Este fio invisível que nos uniu foi uma experiência muito bela e luminosa. Senti o meu coração pulsar e vibrar com toda a força do AMOR.

Agradeço a todos que fizeram parte do movimento, aos ensinamentos e a todo o fluxo que aconteceu à serviço do Amor. Educar é Amar! Agora, as possibilidades de reformular nossas vidas com esta vivência e conhecimento, encontram -se abertas para transformar as ideias em projetos, criando um futuro mais humano, fraterno e sólido. O fluxo segue....
"Tu, que ensinas aos outros, ensinas primeiro a ti mesmo "(textos bíblicos).
 
Date of Posting: 20 June 2015
Posted By: Gina Elisabeth Bensabath Dantas
Salvador / BA
Quando eu era pequeno, ingressei na escola com 6 anos. Havia na época uma norma que sugeria que crianças que completassem 7 anos depois de maio não deveriam ingressar na primeira série senão com sete anos completos. Foi concedida uma licença especial ao meu caso, desde que a professora considerasse que eu conseguiria me adaptar à turma. Eu aprendi a ler na primeira semana de aula! Mas depois disso, devido à lentidão do processo de ensinar às crianças, fiquei entediado. Eu fazia uma bagunça enorme na sala. Pedia para sair e ir para o pátio. Perambulava pelos corredores. Minha professora de 1a serie permitiu tudo isso e soube me conduzir de forma a que eu me tornasse um aluno que adorava a escola e sempre tinha um ótimo desempenho. O amor daquela professora, sua paciência e sabedoria me permitiram crescer e me tornar um grande aluno e seguir bem a minha vida. Hoje, sabendo dos princípios sistêmicos, vejo que a "Dona" Heloísa Galvão tinha isso no sangue... Minha gratidão por ela é imensa. Vejo entretanto que muitas crianças não tiveram a mesma sorte de ter uma professora "sistêmica" nos anos 70, quisera no século XXI ! Minha gratidão e amor pelos alunos e professores me levou a fomentar através do nosso instituto, um meio para permitir a todos, o acesso a tais princípios que podem beneficiar pais, professores e alunos de uma maneira simples e com efeitos duradouros.
 
Date of Posting: 17 June 2015
Posted By: Décio Fábio de Oliveira Júnior
Médico, Belo Horizonte - MG
Meus queridos,
Desde ontem, segunda-feira, dia 15 de junho de 2015, tenho exercitado os princípios das leis sistêmicas. Creio que desde sempre, intuitivamente, mas principalmente nesse último final de semana, com tantos amigos queridos, sentia a existência dessa força. Sei que meus pais estão aqui em meu peito...esse feixe de luz e força que herdei com muito amor e orgulho. Esta é a última semana de aulas e, portanto, provas. Mesmo assim ofereci o relaxamento aos meus alunos...pedi que fechassem os olhos, respirassem fundo e trouxe meus pais perante eles ao mesmo tempo que pedi que colocassem seus pais...o Pai do lado direito e a Mãe do lado esquerdo, logo atrás de cada um. Falei da presença de todos eles ali, do amor que flui, da energia no coração e foi lindo!!! Os resultados foram belíssimos; em notas e comportamento! “Sou apenas seu professor e vejo seus pais”...Todos os conflitos cessaram...lindo e emocionante! Obrigado Hellen, Leo, Zaira, e todos esses novos e antigos amores!!!
Mais tarde, na terça-feira, fui ao consulado italiano para coletar impressões digitais para a confecção de meu passaporte italiano. A agente era uma senhora simpática que se surpreendeu com meu sotaque italiano; perguntou onde eu aprendi a falar essa língua com um belo sotaque toscano. Expliquei que essa foi minha primeira língua, pois minha mãe mal falava português quando nasci. Havia anos que eu não falava italiano tão fluente...e foi tão natural! Saí de lá com lágrimas nos olhos!
Sou muito grato a vocês que me proporcionaram essa visão maravilhosa!!!
Deixo uma ária que significa muito para mim.
Abraços fortes,
Carlo
 
Date of Posting: 17 June 2015
Posted By: Carlos Borghetti
Educador, Salvador - BA

<< Start Previous 1 Next Last >>

Page 1 of 1


Submit A Testimonial
* fields are mandatory.
Your Name:*
Email Address:*
About You:
Your Location:
Your Website:
Your Picture:
Images should not be larger than 500x500 px and 250 kb
Security Code:
Enter Code Here:*
Send us your comments below:*